Quando o leitor abre um livro, as palavras podem levá-lo a lugares distantes e imaginários, como a escola de bruxaria de Harry Potter ou as praias da Bahia dos Capitães de Areia de Jorge Amado.

A literatura oferece os mais variados gêneros, além de uma infinidade de histórias, atendendo os gostos de cada leitor.

Os fãs de literatura, atualmente, se organizam em grupos e plataformas digitais para trocar ideias e um desses espaços é o YouTube, onde existem canais de literatura que vem fazendo grande sucesso, chegando a um grande número de seguidores.

Com o aumento do gosto pela leitura, as editoras se voltaram para esses canais, dando mais atenção aos Booktubers, ou seja, a produtores de conteúdo que escrevem críticas, resenhas, comentários e discussões através de vídeos sobre o que estão lendo.

Os Booktubers são canais onde o assunto principal são os livros. Um dos canais mais vistos é o Perdido nos Livros, criado por Eduardo Cilto, de 21 anos, que possui mais de 320 mil inscritos.

O canal ficou tão conhecido que as visualizações já são monetizadas, rendendo um bom ganho mensal para o seu criador. O canal apresenta vídeos dinâmicos e não se limita aos livros, oferecendo também dicas sobre filmes e séries voltadas para o público jovem.

As editoras estão começando a criar parcerias com os Booktubers, que se tornaram uma forma de aumentar a divulgação sobre novas obras da literatura, criando um novo canal de comunicação entre as editoras e os leitores.

Uma das editoras que se voltou para os Booktubers é a Rocco, que afirma que os canais de vídeo não substituem a importância de um crítico tradicional, já que oferecem maior prestígio aos lançamentos. No entanto, a crítica dos Booktubers serve como referência para grande parte dos leitores.

A parceria entre as editoras e os Booktubers é feita através de uma seleção entre os interessados, disponibilizando catálogos ou lançamento em troca de resenhas, não havendo o investimento de dinheiro nos canais. Os Booktubers recebem livros que, depois de lidos, são comentados.

Ao mesmo tempo, os Booktubers também encontram novas oportunidades, como a possibilidade de escrever obras que podem ser lançadas pelas editoras. Cilto, por exemplo, já está no segundo lançamento de obras de ficção e pretende continuar escrevendo.

Seguindo a mesma trajetória, outros Booktubers estão conseguindo ganhar espaço no YouTube, o que garante maior conhecimento da literatura, fazendo com que os jovens se voltem para escritores novos e consagrados e possibilitando a continuidade do trabalho das editoras.

Se você gosta de ler, procure um desses canais e assista os vídeos. Pode ser que você também encontre uma maneira de ganhar dinheiro através da internet com suas próprias leituras.

Porém, não se esqueça de sempre analisar a velocidade de sua internet, conferindo se está recebendo o que foi contratado. Só assim vai ser possível assistir os vídeos sem interferências ou interrupções.