A internet evoluiu e continua em constante evolução. O que antes era impensável, visto apenas em filmes de ficção científica, hoje está cada vez mais comum nas nossas vidas.

Quem é internauta de longa data sabe e com certeza acompanhou todas as transformações desse mundo digital, mas muita gente ainda não imagina do que se trata a conexão ADSL.

Isso é normal. São tantas mudanças em tão pouco tempo que fica complicado acompanhar a linha cronológica de evolução da internet e as diferenças entre um tipo e outro. Confira aqui nosso guia e saiba mais sobre o assunto:

Afinal, o que é Banda Larga ADSL?

ADSL ou Asymmetric Digital Subscriber Line, é também chamado de “Linha Digital Assimétrica para Assinante”.
A palavra principal aqui, e que devemos destacar, é “assimétrica”, pois essa define a forma como a conexão lida com o imenso fluxo de informações: sempre maior em um sentido que em outro.

Em outras palavras: normalmente a velocidade de download é superior à velocidade de upload nessas conexões.
Esse tipo de conexão é feito a partir de uma linha telefônica convencional, mas sem afetar a mesma, ou seja, você pode navegar pela internet ao mesmo tempo que conversa no telefone (ao contrário do que acontecia com a Internet Discada).

Para evitar que haja interferência, geralmente é utilizado um filtro de linha e os dados são transmitidos em frequências diferente da voz.

Vantagens:
• Não ocupa a linha telefônica;
• A largura da banda não varia muito, sofre poucas reduções e apenas no horário de pico;
• Bom desempenho para jogos online e outros serviços que necessitam de troca rápida de informações;
• Variedade na largura da banda e por preços acessíveis.

Desvantagens:
• Não é a melhor pedida para empresas e para servidores de jogos, já que a velocidade de upload é limitada;
• Sua instalação é um pouco mais trabalhosa e exige prévia de cabeamento telefônico.

Modems ADSL

Para um acesso à internet via ADSL, a linha telefônica funciona apenas como um meio de comunicação com o servidor de internet, formado por um par de fios metálicos.
A conexão acaba acontecendo graças aos equipamentos usados, tanto na casa do cliente, quanto na sede do provedor (que é quem estabelece a conexão).

No local onde o cliente deseja fazer a instalação, fica um modem ADSL que é conectado aos fios de uma linha telefônica existente.

Esta conexão é usualmente intermediada por um microfiltro de nome “splitter”, que possui a função de criar um canal para a conexão com o modem e outro canal para a ligação com o aparelho telefônico.
O modem, então, precisa ser ligado a um computador ou equipamento de rede, ou mesmo um roteador Wi-Fi, para que os equipamentos conectados tenham acesso à internet.

Do outro lado, o dispositivo é conectado à linha telefônica para desempenhar sua função de organizar o fluxo de dados e assim a transmissão pode acontecer dentro das frequências estabelecidas para upstream e downstream.
Agora que você já descobriu o que é, e como funciona, a internet ADSL, sabe por que fazer um teste de velocidade é importante?

Teste a sua velocidade com o MinhaConexão

Muitas vezes a velocidade dos dados que chegam à sua casa não corresponde à velocidade pela qual você está pagando, e por isso é muito importante fazer o teste do MinhaConexão.
De forma fácil, rápida e totalmente gratuita você consegue conferir todas as informações referentes aos seus dados, como a velocidade de download, de upload e o Ping.
Faça um teste já e confira!